Musicoterapia Analítica

A Psicanálise ou Análise Junguiana, e a Musicoterapia, cada qual com suas técnicas, permite o acesso aos recursos psíquicos que uma pessoa precisa para buscar respostas a seus dilemas.

Pela  Musicoterapia o paciente dialoga com seu hemisfério cerebral que não é dominante , ou seja, lado direto para quem é destro e vice versa, onde estão contidas as emoções, chamado na Psicologia Analítica Junguiana de Inconsciente.

No hemisfério dominante  está nosso ego, nosso consciente, nosso discurso verbal, nossas defesas psíquicas, nossas máscaras.

A música e seus elementos, som, ritmo, harmonia, timbre, melodia etc., assim como o produto da utilização de instrumentos musicais, permitem uma comunicação “não verbal”  com esses conteúdos eclipsados e por isso mesmo possibilitam insights e tomadas de consciência.

O ser humano utiliza menos de 10% de seu cérebro, mas vamos usar 10 como exemplo,  representados pela nossa consciência.
Significa dizer que nossos outros 90% estão ainda inconscientes embora sejam nosso maior bem, e no processo natural de evolução do ser,  tentam irromper à consciência a todo momento, causando-nos angústias de toda ordem.

A Análise Junguiana auxilia-nos na elaboração desses conteúdos, integrando-os à consciência.

Os principais recursos da Análise são os mitos, as fábulas, os sonhos e os símbolos, que são propriedades arquetípicas do inconsciente coletivo, que apontam onde estamos,  o que nos angustia, e quais são nossas vias de saída.

Cada pessoa traz em si formas particulares de agir e pensar, e dentro de nós estão todas as possibilidades para concretizar o que queremos e devemos realizar.

Nesse contexto Jung contribuiu para compreendermos que características aparentemente opostas como introversão e extroversão e nossas relações com o masculino e o feminino, são apenas lados de uma mesma moeda, ou potenciais da psiquê, portanto inerentes à condição humana.

Posts Recentes

  1. Comentar
  2. Depoimento de Paciente com Alzheimer Comentar
  3. Musicoterapia no Tratamento da Dor Comentar
  4. Musicoterapia com Enfermidades Raras Comentar
  5. Música e Desenvolvimento Infantil Comentar
  6. A Música de Nossa Vida. Comentar
  7. WORKSHOP MUSICOTERAPIA E SHANTALA PARA GESTANTES Comentar
  8. Musicoterapia na doença de Alzheimer Comentar
  9. Musicoterapia em Oncologia Comentar