Home Curiosidade Dia da Mulher marca luta por respeito e igualdade

Dia da Mulher marca luta por respeito e igualdade

O Dia da Mulher traz à tona discussões sobre violência e diferença de salários.

Era 8 de março de 1917. Em plena Primeira Guerra Mundial, 90 mil operárias russas organizaram um protesto e saíram às ruas manifestando-se contra o Czar Nicolau II. Elas reclamavam por melhores condições de trabalho, por uma alimentação digna para o povo e pelo fim da guerra.

O movimento, chamado Pão e Paz, marcou a data do Dia da Mulher no calendário mundial. Quase 30 anos depois do episódio, em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) firmou o primeiro acordo de abrangência internacional garantindo princípios de direitos iguais para mulheres e homens. Conheça mais sobre essa luta.

Dia da Mulher: Discussões em pauta

Depois de 1960, as lutas feministas se intensificaram, o que culminou na celebração do Ano Internacional da Mulher, em 1975. Em 1977, finalmente foi oficializado o Dia da Mulher no mundo.

Os direitos do sexo feminino voltam a ser assunto a cada 8 de março. Grupos feministas utilizam o período para relembrar as mobilizações, os direitos adquiridos e a importância de seguir lutando por igualdade. Afinal, ainda hoje, mulheres sofrem com violência físicamoral e sexual.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o trabalho feminino cresceu em 24% entre 2000 e 2010, mas ainda assim os salários são menores que os dos homens. Por isso, lembrar-se das recorrentes injustiças e discriminações é importante para seguir alcançando a dignidade das mulheres.

Primeiro Dia Nacional da Mulher não foi em março

Nos Estados Unidos, um grupo de 1,5 mil mulheres manifestantes se reuniu para reivindicar igualdade política e econômica no país. Em maio de 1908, comemorou-se, então, o Dia Nacional da Mulher, em homenagem a esse evento.

Em novembro de 1909, quase 500 fábricas norte-americanas foram fechadas como consequência de um protesto com mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York. Depois dessa manifestação, o Partido Socialista dos Estados Unidos oficializou o dia 28 de fevereiro como Dia da Mulher.

No entanto, o principal fato associado ao surgimento do Dia Internacional da Mulher é o incêndio de uma fábrica de tecidos em Nova York, no dia 25 de março de 1911. Na ocasião, mais de cem trabalhadoras morreram queimadas. Foram os eventos posteriores a essa tragédia que culminaram na oficialização da data, que marca a luta por respeito e pela dignidade feminina.

O Dia da Mulher no Brasil

No início do século 20, grupos anarquistas organizaram movimentos para defender os direitos femininos. Como em diversos outros países, a luta era por qualidade de vida e condições dignas de trabalho. A organização das sufragistas, mobilizando-se entre 1920 e 1930, conseguiu o direito ao voto em 1932, na Constituição elaborada pelo governo Getúlio Vargas.

Coletivos que discutiam igualdade de gêneros, sexualidade e saúde feminina começaram a se popularizar no país a partir dos anos 1970, principalmente após a oficialização do Dia da Mulher. Depois de 1980, o feminismo se tornou mais forte e novas conquistas começaram a colocar as mulheres à frente do exercício de direitos.

Em 1985, foi fundada a primeira Delegacia Especializada da Mulher no país.

O que se pode comemorar no Dia da Mulher? Conte para nós!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Medicina Integrativa

Chega de palavras difíceis, de ingerir remédios sem saber para que servem! Seja o centro de tudo! Participe de maneira ativa do seu tratamento,...

Psicanálise: Uma tática contra o sofrimento emocional

Alterações constantes de humor, dificuldades de relacionamento profissional ou amoroso, problemas de auto estima, tudo isso são características do sofrimento emocional desencadeado por transtornos...

Terapia Floral: A cura vinda das flores

Você compreende a importância de manter-se equilibrado emocionalmente? Sabia que emoções instáveis podem abalar a sua personalidade e te deixar mais propício a contrair...

Energização de cristais: armazenando energias positivas

Você acredita na energia que compõem os cristais? Sabe como utiliza-los e principalmente como energiza-los de maneira a recarregar os seus componentes? Veja agora...

A cura por cristais através da Cristaloterapia

Mais do que meros artigos de beleza os cristais são emissores de energia capazes até mesmo de curar doenças! Você faz uso deste método?...